Metodologia desenvolvida no IPREDE é apresentada por equipe da UFC no México

Integrantes da Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal do Ceará e do Instituto da Primeira Infância (IPREDE) – organização não governamental e projeto de extensão da UFC – participaram, de 29 de maio a 1º de junho, do Frontiers of Innovation (FOI), iniciativa voltada ao desenvolvimento e adoção de inovações com base científica de impacto em larga escala.

O evento ocorreu na cidade de Monterrey, no México. Seguindo a proposta do FOI, a equipe da UFC apresentou a experiência de construção de uma pesquisa de intervenção envolvendo mães e crianças menores de três anos de idade assistidas pelo IPREDE. Trata-se de uma nova metodologia de visita domiciliar com vídeo-feedback de interações positivas, contando com um treinamento profundo de mediadores que vão às casas das famílias. O foco é na formação de apego entre mães e filhos. “Nessas visitas, a mãe é filmada por 15 minutos com seu filho, sendo estimulado um tema que corresponde ao referencial teórico. Após a gravação, a mediadora pergunta para a mãe quais foram as atitudes boas que ela teve com o filho.

Normalmente, elas não percebem o que fazem de bom. Então, a mediadora volta o vídeo e mostra duas imagens de atitudes positivas que ela fez”, explica a Pró-Reitora de Extensão, Profª Márcia Machado, que participou do evento no México. A Profª Márcia acrescenta que, nas visitas, as mediadoras dialogam e apontam a importância de aspectos positivos para a criança. Em seguida, é agendada uma visita a cada semana e, como reforço, duas mensagens são enviadas por semana através de smartphones, além de ser entregue um folheto com fotos dos princípios trabalhados (como, por exemplo, momentos de carinho entre pais e filhos).

O projeto de pesquisa intitulado “Formação de vínculo na adversidade: para uma infância melhor”, que pretende estudar a eficácia dessa intervenção, foi iniciado neste ano, como resultado de uma parceria entre a UFC, o IPREDE, a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e o Instituto Vila Educação, de São Paulo. Ao todo, quatro projetos do Brasil (dois do Ceará e dois de São Paulo) e três projetos do México foram apresentados no encontro. “Essa tem sido uma oportunidade valiosa para compartilharmos os avanços nas intervenções na primeira infância no Ceará, ressaltando o papel transformador da UFC, por meio do IPREDE, para a comunidade atendida”, avalia a Profª Márcia. Além da Pró-Reitora, participaram da apresentação o Prof. Álvaro Madeiro Leite, do Departamento de Saúde Materno-Infantil da UFC e do IPREDE, e o Prof. Antônio Ledo Cunha, da UFRJ.

SOBRE O FOI – O Frontiers of Innovation (FOI) é uma iniciativa que visa acelerar o desenvolvimento e a adoção de inovações com base científica que provoquem impacto em escala. Lançado em 2011, o FOI tem uma estrutura flexível, que facilita a geração, o desenvolvimento, a implementação, a testagem, a avaliação e a replicação em ciclos rápidos de ideias. É um processo baseado em ciência, respaldado por uma crescente comunidade de agentes de transformação, os quais estão comprometidos com o aprendizado compartilhado, acumulação de conhecimentos e resultados efetivos para a infância em nível populacional. Fonte: Pró-Reitoria de Extensão da UFC – fone: 85 3366 7467

Deixe uma resposta