Capes reconsidera e eleva para nota 5 a pós-graduação em Saúde Pública

É com grande alegria que comunicamos que a CAPES reconsiderou a nota de nosso Programa passando este a ser nota 5 a partir de ontem, dia 20/12, quando saiu oficialmente o resultado dos recursos.

A vice-coordenadora da pós-graduação em Saúde Pública, Profª Maria Lúcia Bosi, afirma que o resultado é “um reconhecimento do histórico de protagonismo e liderança de mais de 20 anos da UFC na promoção da saúde coletiva no Estado do Ceará”.

Internacionalização, alta produção científica de qualidade, representações em conselhos e comissões nacionais e estrangeiras da área, dentre outros aspectos, são apontados como responsáveis pela elevação à nota 5.

Segundo notícia publicada na página da UFC,  a Universidade Federal do Ceará conseguiu ampliar, de 17 para 19, o número de programas de pós-graduação de “excelência nacional”, ou seja, que possuem nota 5 na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). O aumento se deve ao salto dado pelos programas de Saúde Pública e de Economia da UFC, cujas notas, que haviam sido anunciadas em setembro pela Capes, foram reconsideradas e elevadas pela fundação ligada ao Ministério da Educação (MEC).

Após a fase de recursos, a UFC continua sendo a universidade do Norte e Nordeste com mais cursos de padrão internacional (notas 6 e 7): 10, o equivalente a 17% dos cursos avaliados.

Veja matéria completa sobre o assunto no link: http://www.ufc.br/noticias/noticias-de-2017/10678-capes-reconsidera-e-eleva-para-nota-5-as-pos-graduacoes-em-saude-publica-e-em-economia

Seminário sobre Desigualdades Sociais e Doenças Crônicas

A Coordenação do PPGSP convida, a todos os interessados, para o Seminário: “Desigualdades sociais no curso de vida e doenças crônicas: evidências do ELSA-Brasil”. O seminário irá abordar a relação entre exposições a desvantagens socioeconômicas em diferentes fases da vida (infância, juventude e vida adulta) e a ocorrência de doenças crônicas no Brasil.

Serão discutidos também os possíveis mecanismos biológicos, comportamentais e psicossociais que atuam no curso de vida dos indivíduos, e até mesmo entre gerações, que permeiam a relação entre exposições a adversidade social ocorridas em diferentes etapas da vida e o adoecimento. A investigação desses mecanismos possui uma especial relevância para o estudo das doenças crônicas, tendo em vista que elas se manifestam após longos períodos de latência e que modelos etiológicos baseados apenas em fatores comportamentais e clínicos explicam apenas parcialmente as desigualdades nas distribuições dessas doenças. Será discutido também a importância da evidencia científica nessa área para balizar políticas públicas de promoção da saúde e de justiça social, especialmente em momentos políticos como o atual.

Todas essas questões serão discutidas a partir de resultados do Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (ELSA-Brasil), que é um estudo de coorte multicêntrico que envolve a participação de 15105 servidores de seis instituições de ensino e pesquisa no Brasil, e que se destaca pela variedade de informações coletadas para investigar determinantes biológicos e sociais das doenças crônicas no Brasil.

A palestrante convidada será a Profa. Dra. Lidyane V. Camelo, do Departamento de Medicina Preventiva e Social da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais. O evento é aberto ao público interessado.

Data: 24/11/2017

Horário: 08:00

Local: Sala D, Anexo da Biblioteca das Ciências da Saúde – FAMED/UFC

Seminário de Pesquisa em Políticas Públicas de Saúde

A Coordenação do PPGSP convida, a todos os interessados, para o Seminário de Pesquisa em Políticas Públicas: o neoinstitucionalismo na análise política de saúde, com a convidada Dra. Carmem Emmanuely Leitão Araújo, Doutora em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais. O evento ocorrerá no dia 23 de novembro às 08 horas, na Escola de Saúde Pública do Ceará, situada na Avenida Antônio Justa, 3161 – Meireles.

Convite Defesa de Dissertação de Paula Negrão da Silva

A Coordenação do PPGSP convida, a todos os interessados, para a Defesa de Dissertação da mestranda Paula Negrão da Silva cujo projeto é intitulado “Fatores associados à prevalência de hipertensão arterial sistêmica na população penitenciária feminina do Brasil”, orientado pela Profa. Dra. Ligia Regina Franco Sansigolo Kerr que ocorrerá no dia 24 de novembro às 14 horas, na Sala de Videoconferência do NUTEDS, situado na Rua Prof. Costa Mendes, 1608 – Térreo.

Seminário Estratégia Saúde da Família em Fortaleza e a Nova Política Nacional de Atenção Básica

O Conselho Municipal de Saúde de Fortaleza, a partir do Grupo de Trabalho Estratégia Saúde da Família, convida a todos para participar do Seminário Estratégia Saúde da Família em Fortaleza e a Nova Política Nacional de Atenção Básica: Desafios Para o Próximo Período, organizado com o intuito de fomentar o debate acerca dos riscos ao andamento da Estratégia Saúde da Família de Fortaleza a partir da aprovação da nova Política Nacional de Atenção Básica.

O momento faz parte de amplo processo de mobilização junto ao Controle Social do Município, acumulando a partir de debates nos Conselhos Regionais, constituindo ponto de partida ao fortalecimento da rede de atores implicados com o direito à saúde e com o Sistema Único de Saúde enquanto projeto civilizatório, formulando estratégias para o fortalecimento da Estratégia Saúde da Família de Fortaleza.

Onde? Auditório Murilo Aguiar (Assembleia Legislativa do Estado do Ceará)
Quando? 21 de Novembro, 13 h

“Ai daqueles que pararem com sua capacidade de sonhar, de invejar sua coragem de anunciar e denunciar”. (Paulo Freire)